Documentos necessários para viajar aos Estados Unidos da América


Tudo o que tem de saber para preparar a sua viagem aos EUA

Documentos necessários para viajar aos Estados Unidos da América

Gostava de viajar até aos EUA ou já está a preparar a sua viagem? Entrar como turista nos Estados Unidos da América ou viver temporáriamente por razões de negócios, trabalho ou estudos requer o cumprimento de leis particulares de entrada de viajantes e um sistema sanitário bastante caro. Por isso, é necessário tratar de uma série de documentos antes de partir, e é recomendável a compra de um seguro de viagem que o cubra em determinadas situações. 

Documentos necessários para viajar aos Estados Unidos da América

1. Preciso de um visto para viajar até aos Estados Unidos da América?

Tudo dependerá da sua nacionalidade, duração e motivo da viagem aos EUA. 

O Programa de Isenção de Visto (VWP). Solicitação do ESTA (Electronic System for Travel Authorization).
Há cidadãos de alguns países que estão isentes de voar com visto, sempre que:

- O objetivo da viagem seja negócios ou turismo.
- A estadia seja inferior a 90 dias. Não é possível prolongá-la nem modificar a condição de turismo ou negócio.
- Tenha a nacionalidade de algum dos 38 países pertencentes ao VWP: Alemanha, Andorra, Áustria, Austrália, Bélgica, Brunei, Chile, Dinamarca, Eslováquia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Países Baixos, Hungria, Irlanda, Islândia, Itália, Japão, Letónia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Mónaco, Noruega, Nova Zelândia, Portugal, Reino Unido, República da Coreia, República Checa, San Marino, Singapura, Suécia, Suíça, Taiwan. 
- Tenha um bilhete de ida e volta expedido por uma companhia aérea ou cruzeiro comercial que tenha subscrito o acordo com o Serviço de Nacionalidade e Imigração, e cheguem aos Estados Unidos da América através desta mesma empresa.
- Não se encontre em nenhuma destas condições. Caso contrário, deverá ter um visto. 
*O objetivo é trabalhar ou estudar nos Estados Unidos da América.
*Se lhe foi negado um visto ou entrada nos EUA.
*Se foi detido ou condenado por algum delito.
*Se o seu caso entra em algumas das categorias definidas pela lei como não admissíveis nos EUA.
*Se é representante de um meio de comunicação e viaja por motivos profissionais.
*Se viaja por motivos profissionais, no caso de serem atores, músicos, atletas, artistas, etc.
*Se viaja em embarcações ou em aviões privados.

Se cumpre estes requisitos, poderá viajar utilizando o Sistema Eletrónico de Autorização de Viagem (ESTA). Pode solicitá-lo no site oficial. O processo de solicitude durará poucos minutos, mas tenha em conta que:
- Pode solicitá-lo como máximo até 72h antes da sua entrada nos EUA.
- Deverá pagar com cartão de crédito a taxa de 14$.
- Deverá ter um passaporte de leitura mecânica.
- Deverá ter à mão os seus dados pessoais, de contato e, opcionalmente, do seu emprego atual.

Depois de completar o formulário e de pagar as taxas, irá receber a confirmação para imprimir e um número de solicitude que convém guardar. O ESTA tem uma duração de dois anos ou até que caduque o teu passaporte. Caso a solicitude da sua viagem não seja autorizada e caso queira continuar com os seus planos de viagem aos Estados Unidos da América, terá que solicitar uma entrevista via online ou telefónica para pedir o visto.

Se faço um voo de escala nos Estados Unidos da América, preciso de fazer o ESTA?
Os estrangeiros com passaporte de um país pertencente ao Programa de Isenção de Visto (VWP), como é o caso de Portugal, precisam de solicitar o ESTA mesmo que só façam um voo de escala nos Estados Unidos da América.

Posso viajar por terra até aos EUA sem o ESTA?
Os turistas portugueses que vão até ao EUA desde o México ou Canadá precisam de um passaporte válido e de completar o formulário I-94 que se entrega na fronteira. Este documento de cor verde é agrafado ao passaporte e deve ser entregue à saída do país.

Tal como o ESTA, o formulário I-94 permite estadias no EUA até 90 dias, onde também são contados os dias passados em países terceiros. Por isso, as autoridades desaconselham "cruzar a fronteira como uma possibilidade para começar a contar os dias desde o zero".

Visto de Não Imigrante
O Visto de Não Imigrante permite trabalhar e/ou viajar aos Estados Unidos da América durante mais de 90 dias, com a intenção de regressar ao país de origem quando expire este mesmo visto. Caso não cumpra com as condições dos viajantes beneficiários do Programa de Isenção de Visto (VWP), terá que pedir um Visto de Não Imigrante na Embaixada dos Estados Unidos da América do seu país.

Tendo em conta que existem vários tipos de visto que variam em função do motivo da sua viagem, das suas caraterísticas pessoais e outros aspetos, deverá consultar qual é o tipo de visto que necessita e que documentos específicos serão necessários para processá-lo.

Nesta página web pode decidir que tipo de visto necessita para viajar até aos Estados Unidos da América, já que no momento de marcar a entrevista não informam sobre esta questão. Esta questão será abordada durante a própria entrevista.

Planeie a sua viagem até aos Estados Unidos da América com uma antecedência mínima de um mês e meio, para que a Embaixada tenha tempo suficiente de marcar uma entrevista e de processar o seu visto. Após a entrevista, vão rever o seu processo de solicitude e determinar se podem ou não processar o seu visto. Os menores de 14 anos e maiores de 80 estão isentos de entrevista e podem solicitar o visto por correio. Todos os solicitantes deverão solicitar o visto pessoalmente. Consulte na página web da Embaixada quais são os documentos necessários. Serão precisos documentos gerais e outros próprios do tipo de visto que solicites, em função do propósito da sua viagem aos EUA. Além disto, poderão pedir informação sobre a sua situação financeira e outros dados sociais e económicos.

Vistos de Imigrante ou "Green Card"
Permite a residência permanente nos Estados Unidos da América, trabalho e /ou viajens dentro ou fora do país as vezes que quiser. É possível solicitar o "Green Card" por questões de emprego, família, religião ou asilo.

Estados Unidos da América

2. Passaporte

Dependendo do visto que tenha, é válido um ou outro tipo de passaporte para viajar aos Estados Unidos da América. Caso tenha alguma dúvida sobre o seu passaporte, contacte a entidade que o emite no seu país de residência.

No caso de viajar sem visto, cada viajante tem que levar um passaporte de leitura mecânica individual, incluindo os menores de idade. O passaporte que se emite em Portugal é de leitura mecânica e reune estas condições.

Para o Visto de Não Imigrante é necessário ter o passaporte em vigor com pelo menos duas páginas em branco.

Passaporte

3. Seguro de viagem

Este país é considerado seguro para o viajante. As incidências mais relevantes estão relacionadas com a assistência médica por acidente ou doença e problemas com a bagagem. Deve ter em conta que a assistência médica nos Estados Unidos da América é de qualidade, mas tem um custo muito elevado. Por exemplo, o custo de uma tomografia atinge os 800 euros, o de uma ressonância é aproximadamente 1000 euros, passar uma noite num hospital pode rondar os 4.000 euros e se for operado à apendicite pode exceder os 12.000 euros (fonte: International Federation of Health Plans). Por este motivo, é fundamental contratar um seguro médico e de viagem que cubra todos os gastos médicos e que ofereça assistência telefónica durante 24 horas, de modo a que possam indicar o melhor centro hospitalar onde possa ser assistido sem que tenha a necessidade de pagar e de esperar por um futuro reembolso.

Se o motivo da sua viagem é turismo, um seguro de viagem como o Totaltravel cobre-o em caso de acidente ou doença, e contará com uma proteção mais completa durante a sua viagem: repatriação, bagagem, atrasos, perda de serviços e cancelamento ou interrupção da viagem, entre outros.

Se for praticar desporto, com um seguro desportivo como o Totalsports terá uma cobertura mais ampla em numerosas atividades ao ar livre, tanto na sua viagem, como durante a prática das mesmas.

Vai estudar para os Estados Unidos da América? Um seguro para estudar no estrangeiro pode ser o seu aliado nestes casos, já que este é um seguro médico e de viagem ao mesmo tempo. Assim, terá tudo sob controlo durante a sua estadia.


4. Cartão de crédito

Não é necessário dizer que a moeda dos Estados Unidos da América é o Dólar dos Estados Unidos (USD). Consulte o valor do dólar, compare-o com a sua moeda nacional e troque algum dinheiro antes de ir de viagem. De todas as maneiras, nos EUA pode pagar com cartão de crédito em quase todos os sítios sem pagar comissões, o mesmo poderá não acontecer quando for levantar dinheiro.

Cartão de crédito

5. Formulário I-94

Não é obrigatório. As companhias aéreas e de cruzeiros deixaram de entregar este formulário aos passageiros, porque desde 2013 a Alfândega recebe eletrónicamente os dados de entrada e saída de passageiros que entram nos EUA, quer seja por via aérea ou por via marítima.

No entanto, a Alfândega continua a entregar o formulário I-94 quando os viajantes entram no país por terra ou pedem uma cópia do papel por motivos de migração ou autorização de emprego. Também pode pedi-lo online.

Formulário I-94

6. Vacinação

Não há vacinas obrigatórias para viajar até aos Estados Unidos da América, contudo é fundamental ter o livro de vacinas atualizado. Dependendo da duração e das condições da viagem, é aconselhável: hepatite A (se for para o Hawaii), hepatite B (se não sofreu desta doença anteriormente), difteria do tétano (se for para zonas rurais). Para qualquer outra informação consulte o seu médico e não se esqueça de marcar a consulta do viajante antes de partir em viagem.

Vacinação

7. Carta de condução

As leis para conduzir nos Estados Unidos da América não são iguais em todo o país, já que cada estado tem as suas próprias leis. Se visitar o país durante um curto período de tempo, e se quiser conduzir, tenha atenção às leis de condução do estado onde vai estar.

A carta de condução portuguesa não expirada é suficiente para alugar um carro e deslocar-se com ele pelos Estados Unidos da América, mas ainda assim há situações onde sugerem uma carta de condução internacional. Para mais informações, aconselhamos consultar esta página do governo dos Estados Unidos da América, com todos os detalhes e normas (uso do telemóvel, taxa de alcóol, valor das multas, etc) para poder viajar com o carro pelo país.

Carta de condução

8. Registo de viajantes

O registo junto do Ministério dos Negócios Estrangeiros facilita o contacto e a localização dos viajantes no estrangeiro por parte das autoridades portuguesas, em caso de emergência.

Utilizamos cookies para te proporcionar a melhor experiência possível. Mais info.

fechar